terça-feira, 13 de dezembro de 2011



Simpatia, Casemiro
É ler poeta assim
Alguém que admiro
Como flores no jardim

Simpatia, seu Abreu
É o perfume da rosa
Expresso no que se leu
Na poesia ou na prosa

É olhar que acalma
É verso com sabor
Ou como diz tua alma
“É quase amor”

(Profa Ms. Marícilia Lopes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário